Diga-me com quem tu andas que te direi quem tu és.

A internet está para julgar, apontar e justificar quem é do bem e do mal, quem é justo e injusto. Qualquer pessoa se tornou juiz dos tribunais da justa causa e dos bons costumes, em paralelo a isso qualquer um tornou-se réu da inquisição digital por expor opiniões que contraponham a padronização instituída no mundo das interwebs. Diante desse aspecto, é possível afirmar que as pessoas se tornaram menos tolerantes e mais patrulheiras da opinião alheia, tendo por base o excesso do politicamente correto nas suas ações e opiniões?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s